Salada morna é muito bom!

E também é um ótimo método para você introduzir os verdinhos com mais frequência na sua refeição!

salada_morna

O próprio nome da diz: MORNA. Uma salada morna mistura em um único prato alimentos frios e quentes, sempre em combinações harmoniosas que resultam em um visual lindíssimo e um alimento mega saboroso, além de rico em diversas vitaminas e nutrientes.

Eu sempre fiz cara feia [ish] para salada e na primeira oportunidade de pular ela, eu pulava! Sem dó!

Até que eu comecei a me alimentar melhor e por conta própria fiz algumas escolhas. Isso envolve a substituição de alimentos, ou seja, eu deixei de ingerir alimentos com glúten, lactose, açúcar e evito ao máximo os carboidratos (não cortei de vez os carbos, apenas dou uma maneirada), e para não ficar desfalcada das vitaminas que esses alimentos me oferecem e passei a substituir por outras coisas.

Foi então que eu comecei a dar uma PLUS nas minhas saladas, assim minha refeição é composta apenas por ela. Esse plus foi transformar a saladinha tradicional e sem graça de alface e tomate pela linda Salada Morna.

salada_morna

Bom, vamos ao que interessa: Como transformar a salada simples em morna!

As folhas são a base da salada, ou seja, invista em diferente tipos de folha mesmo que a quantidade que for preparar seja pequena. Alface lisa, crespa e mimosa, rúcula, repolho branco ou roxo. Enjoy it!

Frutas como tomate, manga, uva passa, morango, kiwi, maçã vermelha e verde são ótimas e além de darem cor são ótimas para contrastar o sabor, desde agridoce até dar uma leve acidez ao prato (que para alguns, como eu, é uma delícia e adora aquele azedinho).

Proteínas como frango, camarão, salmão, atum e até tirinhas de carne vermelha são super bem-vindas. Os peixes podem ser usados tanto quentes (preparado e temperado separadamente) quanto crus, tipo ceviche.

Se você acha que vai sentir falta de algo mais “salgado” ou aquela “sustância”acrescente uma massa (pode ser integral ou não, fica a sua escolha). Macarrão parafuso, caracol e penne são ideais!
Crouttons são legais, vale a pena usar também.

Use legumes como pepino, brócolis, cenoura, beterraba e couve-flor para enriquecer ainda mais.

Agora que a sua salada já está quase pronta, você pode acrescentar algumas lascas de castanha do pará, de caju ou amendoin para dar mais sabor e textura.
Se quiser algo mais requintado, use cogumelo champignon e azeitonas verdes ou chilenas.

Com tudo pronto, você vai ter uma explosão de sabores e cores, ou seja, o molho será algo secundário.
Lembre-se: Alguns molhos prontos (industrializados) são uma bomba de sódio e de gordura trans, na qual acabam virando o vilão desse prato tão bonito.
O jeito mesmo é você continuar no bom e velho azeite, sal e limão (e aquilo mais que preferir).

salada_morna

Eu aposto que com tanta coisa gostosa em uma só salada você queira deixá-la de lado e trocá-la por outra coisa.

Sério, eu era super arredia com saladas e começar a dar esse plus me fez querer comer só ela e com muito mais gosto. A salada morna é um refeição completa e tenho certeza que você vai amar!

salada_morna

Espero que tenha gostado. Não esqueça de comentar!
Beijos,

Você também pode gostar de

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.