Qual é o seu limite?

NUNCA, jamais queira saber qual é o seu limite!

sinais_do_stress

O estresse é sério! Ele não é necessariamente uma doença mas, é o gatilho para desencadear várias delas e acabar com você de um dia para o outro. Muito além do que eu um dia cheio ou respostas grossas que recebem comentários do tipo (no caso de uma mulher): “Nossa, tá estressada? Deve ser TPM!”.

Infelizmente o estresse não é só uma resposta grossa ou uma fase da TPM. O estresse é uma inundação de hormônios como adrenalina e cortisol por todo o seu corpo. Quando a pressão emocional se torna constante, nosso coração acelera, os músculos contraem, literalmente ficamos tão tensos que o nosso sistema nervoso reage liberando hormônios como uma maneira de dizer: “Miga, pega leve que aqui dentro o bicho tá pegando!”

Quando digo que os seus músculos irão contrair, não é só aquela sensação de contração de quando fazemos exercício. É uma contração que dificulta que os nossos órgãos trabalhe normalmente e isso reflete em: Falta de apetite ou aumento dele, retenção de líquidos (inchaço), irritação fácil, perca de memória (sim, você começa a esquecer todos seus compromissos), tonturas e náuseas são comuns e muitos outros sintomas. Estresse é perigoso e muito sério!

“Mas Muffin, por que você está falando tudo isso?” – Miga, segura aqui na minha mão… Eu tô sofrendo seriamente de estresse! SIM, eu estou doente e fui eu mesma que me causei isso por ser tão cabeça dura e achar que tudo é para ontem. A ansiedade, que na minha pele estoura em forma de Dermatite Atópica (já falei disso aqui no blog), dentro de mim estoura em sentimentos de querer tudo o mais rápido possível. Quando entrei no último ano do colégio, coloquei na cabeça de que já estava na hora de virar adulto e conquistar o mundo. Arrumei meu primeiro emprego, passei a estudar focada na formação do ensino médio e dei um gás no blog como um super-projeto pessoal que seria um projeto de negócio. Saí da escola e fui direto para a faculdade. Durante os 4 anos de curso eu fiz 3 estágios, um seguido do outro, sem tirar férias, fiz milhares de cursos, me dediquei fortemente a vida profissional e, além do resultado mega positivo que foi a efetivação no trabalho, eu obtive o seguinte saldo: 5 anos sem férias, sem descanso; Dores por todo o corpo, inchaço pela retensão de líquido e por prisão de ventre; Engordei tanto que a bariátrica foi a única solução; Perdi amigos pelas respostas grossas e “patadas” nas horas erradas; Meu cabelo caiu, minhas unhas ficaram fracas e, de novo, dores por todo o corpo; Eu perdi o sono.

Deu para entender que a minha vida mudou drasticamente? Eu estava em modo automático e NADA tinha efeito sobre mim. Era horrível!

Acho que o momento em que minha cabeça deu o verdadeiro estalo avisando que era hora de parar quando eu perdi o sono e, as mínimas vezes que dormia, tinha pesadelos horríveis com acidentes, brigas, machucados, animais e até sonhava que estava vomitando areia. Vê se pode isso! Terrível!

O estresse me consumiu tanto que eu fiquei sem objetivo nenhum na vida que fosse para o meu bem a não ser trabalhar e estudar. Mas, sabe o que foi o fator decisivo para que eu desse o primeiro passo contra essa coisa horrível? Eu marquei minhas férias! Sim, férias!

Eu pisei no freio e comecei a organizar minhas vida sempre me colocando em primeiro lugar. Por mais que isso pareça meio individualista ou narcisista, colocar-se em primeiro lugar é o maior passo que você pode dar.

Esse post é um alerta para que você se observe e analise tudo o que anda fazendo. Cuide-se! O estresse é o seu limite do corpo e você JAMAIS irá querer conhecer isso.

Espero que tenha gostado. Não esqueça de comentar!
Beijos,

Você também pode gostar de

6 Comentários

  1. Ain Bru, para ser bem sincera.. eu também estou sofrendo de estresse. Já passei por isso no ensino médio. Depois que ganhei uma bela gastrite e muitas dores, prometi pra mim que jamais faria tudo daquele jeito, . haha Hoje tenho passado pela mesma coisa, mas toda vez que penso em parar, me controlar, algo acontece… como sou muito ansiosa, já viu né…

    Responder

    Bruna Fernandes Respondeu:

    Oi Bianca, é difícil né? Mas no final tudo dá certo! Beijos

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *