Me sabotei na internet.

Plenamente defendo blogs desde que mergulhei de vez nesse mundo em 2009.
Cheguei até fazer um vídeo dizendo que iria blogar para sempre. Afirmei o quanto blogs escritos tem o poder levar informação e opinião para o mundo todo.

Menina do céu, eu me sabotei! Cê me perdoa?
Levantei tanto a bandeira dos blogs escritos que, só esses dias eu fui perceber o que realmente estava acontecendo: Eu não estava LENDO blogs fazia meses! Sim, é isso que você leu. MESES e não dias.
Percebi que eu estava numa gangorra de conteúdo entre Instagram e Youtube. ONLY THIS.

Apenas imagem. Mas, e a leitura? Me senti absurdamente alienada!

Na minha concepção existe uma grande diferença entre ler livros, revista/jornal e blogs. Ou seja, eu estava lendo livros e não estava mais lendo blogs. Algo que sempre me deu um prazer absurdo!

Enfim, eu falei X e fiz Y. Mas acontece, não é mesmo? As vezes a gente pega uma vibe, engata a 2ª na subida, chega no topo e solta o ponto morto na ladeira e vai embora…

Quando eu “acordei” dessa vibe de só ficar vendo fotos e vídeos, decidi ir atrás dos blogs que eu sempre amei e adivinhe? SIM! Eu passei horas à fio lendo todos eles e descobrindo coisas incríveis das MESMAS blogueiras que eu via por vídeo (Sempre gostei das mesmas influenciadoras. Estava acompanhado apenas os Instas e Canais delas. Aí voltei para os blogs).

E sabe o que é o mais legal de tudo isso? É saber de fato que o blog escrito ainda permanece firme e forte, com uma super audiência (percebe-se pela exorbitante quantidade de comentários) e que o conteúdo está cada vez mais rico. Que lindo! QUE-LINDO!

Bom, pensando em tuuuudo isso que aconteceu, achei que seria legal compartilhar quais são os blogs que eu AMO AMO ler e que sempre agregam algo de muito bom no meu dia.
Segue a listinha:

Just Lia
Chata de Galocha
Desancorando
BlahBlog
Dela Rosa
Necessidade Básica
Depois dos Quinze

Aprecie muito o trabalho dessas mulheres. Elas são incríveis geradoras de conteúdo!
Beijinhos,

Você também pode gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *