Filtros: ar do motor, óleo, combustível e ar condicionado. Sabia que eles existem e precisam ser trocados?

E aí pessoal, belezura? Wevellys de volta!! Acho que falar sobre carros é legal, né?! E que tal algumas dicas legais pra você cuidar bem do seu? Bora caprichar na leitura rápida, vai!

Vamos aproveitar que hoje é sábado, tem aquele tempinho extra e vamos verificar esses cuidados abaixo?

Tema de hoje: sabia que existem filtros no nosso carro que precisam de cuidados? Sim, filtros! E servem para filtrar, pois é pois é pois é!!!

Muita gente nem imagina que existem e que precisam de atenção básica. Não são muitos, não são caros e podem prolongar a vida útil de vários componentes que você nem imagina!

Como no último tema, falamos sobre combustível, vamos começar então com o “FILTRO DE COMBUSTÍVEL”!

Nada mais é que um item que ajuda a filtrar as impurezas (pó, água, sujeiras em geral) que entram no tanque de combustível, assim, evitando que cause problemas no motor… ou seja, é importante trocar esse item e não é tão caro!!

Com sujeira no motor, pode causar diversos danos a componentes bem mais caros e até te deixar na mão, sem carro por uns dias! Imagina que tristeza?

Bom, normalmente, os manuais do proprietário pedem a troca a cada 10.000 km (vale a pena ler o seu e trocar na hora certa, mas se não achar, que tal seguir a regra dos 10.000 km?). Um item relativamente barato e fácil de trocar, afinal, quase qualquer loja de troca de óleo e até mesmo alguns postos de combustíveis trocam esse item! A troca dele garante que você tenha mais tranquilidade no dia a dia, evitando mandar sujeiras pro motor e até mesmo evitando forçar a bomba de combustível, mandando sempre a quantidade certa e necessária pro seu carro trabalhar como saiu de fábrica!

Vamos ver agora o “FILTRO DE AR DO MOTOR”. Sim, do motor, pois depois falaremos de outro filtro de ar, o condicionado!

Nossos motores a combustão funcionam com a mistura da queima do combustível com o ar, assim, gerando a potência e o funcionamento ideal na câmara de combustão. Cada carro tem suas particularidades de “ar versus combustível” para ter um funcionamento ideal, mas em comum, todos precisam dessa mistura.

Novamente, o filtro aqui serve para evitar as impurezas entrando na câmara de combustão, assim, protegendo o motor e o desgaste de itens mais caros e que podem fazer seu carro andar “irregular”, gastando mais combustível e até mesmo te deixando na mão por problemas no motor!

Outro item que não é tão caro e exige um cuidado especial. Normalmente, as montadoras pedem a troca a cada 10.000 km, mas vale ler o manual do proprietário novamente. Ahhh, e se você andar muito na praia (areia) ou estradas (terra), vale a pena trocar a cada 7.500 km, afinal, o ar leva essas impurezas e, quanto mais você anda em regiões assim, maior será a sujeira retida pelo filtro e assim, aumentará seu desgaste! Vale a pena ficar atento…

Agora, falaremos do “FILTRO DE AR CONDICIONADO” e por quais razões trocar…

Esse item já não é obrigatório a troca, podendo ser “higienizado”, ou seja, apenas limpo com alguns produtos. Recomenda-se uma revisão nesse filtro e ver a necessidade de limpeza ou troca a cada 20.000 km. Ele não vai afetar o desempenho do carro e nem causar maiores manutenções, mas ele está ligado diretamente a sua saúde! Sim, é importante pensarmos que ele filtra o ar que entra no carro e vai refrescar sua cuca enquanto está no engarrafamento as 15h com o sol te fritando! Imagina um filtro de ar condicionado sujo, com acúmulo de impurezas e você respirando isso? Já basta tanta poluição que temos diariamente, né?! Um cuidadinho a mais com ele, sua saúde vai agradecer (e o cheiro ruim que pode sair do ar condicionado, sumir!).

Por fim, vamos falar do “FILTRO DE ÓLEO”!

Esse já serve para filtrar, novamente, possíveis impurezas que entrarem no motor e se juntam ao óleo que o lubrifica. Imagina que o filtro de ar do motor não deu conta, entraram impurezas no motor que com a passagem do óleo, começaram a se espalhar? Pois é, não parece bom, certo? E não é!

Então entra o filtro de óleo para limpar e reter essas possíveis impurezas, deixando o motor sempre “limpo” e lubrificado de forma decente.

Recomenda-se a troca do filtro de óleo toda vez que trocarmos o óleo (isso pode ser a cada 5.000, 7.500, 10.000 km, depende do tipo de óleo que você usa, mas veremos isso num próximo post!).

Aqui, novamente, a dica é que leia no manual do proprietário qual a frequência que deve ser trocado o óleo e, juntamente com o óleo, sempre trocar o filtro! Dessa forma, mantemos o motor da melhor forma possível, trabalhando sempre bonitinho e evitando desgaste de peças, entupimentos e até fundir o motor!!

Ah, antigamente, na época de nossos pais/avós, falava-se de trocar a cada duas ou três trocas de óleo, mas não vale seguir mais essa dica. É uma economia tão boba e, você coloca um óleo novo e o filtro tá sujo… logo, o óleo novo vai ficar sujo quando passar pelo filtro! Não terá a mesma eficácia de um óleo novo com filtro novo… (meio lógico, né?! Hahahaha)

Enfim, essa dica final sobre o filtro de óleo já nos dá uma ligação para a próxima dica de manutenção, onde falaremos sobre óleo de motor, suas diferenças e algumas dicas. Não percam!!

Tem alguma dúvida? Aproveite e deixe-a para tentarmos esclarecer! :P

E se tiver mais dúvidas, não tenha medo! Nos conte que tentaremos esclarecer sempre que possível!

Você pode conferir o último post feito por mim clicando >aqui<

Até breve! Beijos do Weel e bora #MuffinDrive!

Você também pode gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.