O que é o Plus Size?

*Post produzido por Nanny Cox 

Como contamos na terça-feira, no último final de semana rolou em São Paulo o Pop Plus, um evento voltado à moda Plus Size. Nele, foram promovidos diversos bate-papos não só sobre a moda Plus Size, mas o corpo gordo no mercado de trabalho e na cultura pop. O primeiro debate, como expliquei anteriormente, foi tão interessante que eu tive que fazer um post a parte sobre ele. A mediadora foi a Rafa Coelho, do site Das Plus e as convidadas foram a Glenda Cardoso, do blog Curvilíneos, e a Patrícia Assuf Nechar, doutoranda em Comunicação e Semiótica pela PUC de São Paulo.

o_que_e_plus_size

Como a Patrícia faz uma pesquisa sobre o corpo Plus Size, ela soube explicar direitinho quando nasceu o movimento e o que é, de fato, o Plus Size. Segundo ela, a pioneira no movimento foi a Fluvia Lacerda. Para quem não sabe, a Fluvia foi descoberta no começo do século XXI por uma agência de modelos Plus Size norte-americana. Em 2009 ela veio para cá com a assessora e promoveu uma verdadeira mudança no mercado do vestuário, “e eles começaram a perceber que tinha essa lacuna gigantesca na moda Plus Size”, segundo a Patrícia. Para vocês terem uma ideia, esse termo já era usado nos Estados Unidos desde 1970!

Vamos “começar do começo”… vocês já pararam para pensar no que significa a palavra “gorda”? Segundo a Patrícia, existem diferentes significados e significantes. Aí você pergunta: que? O que isso significa? Significa que a palavra evoca uma imagem diferente na cabeça de cada pessoa. A imagem que a palavra gorda desperta na mente da fulana não é a mesma que surge na cabeça da sicrana. E isso, meus caros, faz com que a definição do gordo e do Plus Size seja muito mais complicada. Como a Patrícia ressaltou, “é difícil você chegar e falar: tal pessoa é gorda. É gorda em relação a quem? Gisele Bundchen? Fluvia Lacerda?”.

Vamos começar pelo fato de que não existe a palavra Plus na língua portuguesa. Existe na França, Alemanha, Estados Unidos… mas nada de Brasil. A Patrícia explicou que o perfil da palavra Plus Size que ela usa durante os estudos é a “questão de adição, de soma, de pluralidade, de diversidade, de agregar pessoas, de agregar coisas. É o adicionar, é o adicional. O Plus é isso! Como fenômeno cultural e social… é agregar”.

No entanto, as três integrantes da mesa do bate-papo lembram que existe segregação mesmo dentro do universo Plus Size. Eis que surge o padrão gordo midiático, ou seja, o corpo gordo aceito na televisão, nas revistas, nos desfiles de moda (sim, tivemos modelos Plus Size no último NYFW) e outros veículos. É uma gorda sem barriga, sem muita celulite, com perna firme e que ao ser veiculado não causa tanto estranhamento. Se essas modelos ganham espaço na indústria da moda “convencional”, imagina o espaço delas na moda Plus Size?!

Claro que não podemos segregar essas mulheres que também são maravilhosas e talentosas, mas precisamos de mais representatividade. A Glenda Cardoso lamentou a falta de modelos acima do 54 em campanhas de marcas de roupas Plus Size e deu uma dica: “são vários biotipos, são vários corpos diferentes do que só a ampulheta – que é essa figura midiática da gorda-. Uma mulher oval,  muito comum entre as mulheres gordas, você não vê. Apostem em mulheres maiores! Ao invés de ter só uma modelo coloque duas, coloque três! Represente diversos biotipos e diversos tamanhos. Por que não colocar uma modelo 60?”.

Assim como as mulheres magras, as gordas querem se identificar naquelas imagens de mulheres sexys, poderosas e seguras. Isso só não acontece (ou acontecia?!) por causa da forma negativa como é tratada a gordura na nossa cultura. Por isso, a representação das mulheres gordas/Plus Size e suas variações são tão importantes.

Durante a palestra, uma estudante de moda comentou sobre a falta de representatividade para as adolescentes. Blogueiras de moda Plus Size normalmente estão para lá dos seus 20 anos (a Ju Romano, por exemplo, tem 27) e se vestem de uma forma mais “adulta”. A Glenda ressalta que a cobrança emocional por causa do corpo gordo faz com que as meninas não queiram se mostrar: “talvez elas consigam encontrar a auto estima delas já com 20 e poucos anos”. E isso é péssimo, não é?! A adolescência por si só já é uma época de turbilhões emocionais. Imagina se pudéssemos subtrair dessa conta a insatisfação com a própria imagem?!

Os tempos mudaram. O movimento Plus Size foi potencializado pela internet. As mulheres não aceitam propaganda enganosa e não querem caber nas roupas, pois são as roupas que devem caber. Já existem movimentos que querem abolir a palavra “Plus Size”, inclusive. No entanto, a Glenda defendeu que o Brasil ainda precisa desse termo, “porque o nosso mercado ainda não entrou em estado de maturação. Ele está começando, engatinhando. Então o termo ainda é muito necessário, precisa ser usado para as pessoas entenderem, criarem conhecimento, estudos científicos… tudo nesse sentido para esse público, para essas pessoas que estão dentro do movimento”.

o_que_e_plus_size

Para concluir o bate-papo, a Rafa Coelho, que era a mediadora, pediu que as convidadas definissem o Plus Size. A Patrícia, que está fazendo apenas um trabalho de doutorado sobre o tema, deu uma definição super bacana:

“Entende-se como uma riqueza adicional. O significado do Plus Size não se limita somente a um número e também é relacionado aos movimentos sociais que se formam a partir de pessoas que possuem um perfil diferenciado de corpo. São pessoas e grupos que buscam à sociedade a inclusão de padrões corporais mais amplos. Militam a favor de uma aceitação em relação ao tamanho de seu corpo. Discutem sobre segregação e o estigma do corpo estereotipado de tal forma que questionam sobre os modelos corporais apresentados os meios midiáticos como revista, televisão e internet. São essas pessoas que se dedicam com fervor para que a sociedade perceba que independentemente de possuir um corpo gordo, este é capaz de exercer funções física e intelectuais como qualquer outra pessoa preparada para tal, de maneira que seu caráter não muda em relação ao seu peso e principalmente que seu corpo é tão belo como um outro qualquer”.

Continue Reading

Muffin na Pop Plus

Neste final de semana, foi realizado na avenida Paulista o Pop Plus, destinado à moda Plus Size. Expositores de 11 cidades brasileiras, desfiles, aulas de yoga e bate-papos com personalidades do mundo Plus Size marcaram a 14ª edição do evento.

popplus2

O Muffin.Dicas esteve no primeiro dia e te conta o que teve!

– Às 14h do sábado, rolou um bate-papo sobre “O que é ser plus size?”. Com mediação da Rafa Coleho (site Das Plus), a mesa contou com a doutoranda em Comunicação e Semiótica pela PUC de São Paulo, Patrícia Assuf Nechar e com a Glenda Cardoso, do blog Curvilíneos. Essa conversa foi MUITO interessante porque entrou naquela questão da indústria da moda considerar o Plus Size como qualquer tamanho que foge do convencional. Muitas vezes o 40/42 já é considerado Plus Size e, querendo ou não, as modelos Plus Size também seguem um padrão de corpo que pode desviar do real. Esse bate-papo foi tão proveitoso que terá um post destinado a ele mais adiante.

popplus3

– Às 16h, a publicitária Alcione Ribeiro mediou uma conversa sobre o mercado de trabalho. Os convidados foram a Vanessa Raya, que é advogada e dona do blog Sapatinho de Cristal, e o Bruno Barreto, relações públicas da BASF. Eu fui achando que seria uma conversa sobre as áreas que as mulheres Plus Size podem sim atuar, meio que derrubando esse estigma de “gorda tem que se esconder”. Porém, para a minha surpresa, a conversa foi sobre os preconceitos (ou não) dentro do mercado em relação às pessoas gordas. O Bruno Barreto contou a história de quando foi contratado pela BASF. Segundo ele, depois do exame médico, ele esperou TRÊS semanas para ser contatado de novo. No primeiro dia, a chefe chamou ele para conversar e explicou a razão da demora:

“Olha Bruno, eu queria te pedir desculpas por essa demora. Durante o exame médico o médico do trabalho te reprovou porque ele falou que você estava obeso e não recomendava a sua contratação. E falou assim: já pensou se ele quer fazer uma cirurgia do estômago?! Quanto tempo ele vai ficar afastado?! E se ele tiver problemas?! Se ele for viajar pela empresa, vai ter que ser só de classe executiva porque ele não cabe na classe econômica.”

A chefe acionou a diretora, que acionou o vice-presidente em Recursos Humanos e o Bruno foi contratado pelas competências e pelo profissional que ele é! Porém, o médico não parou por aí.

“Ele escreveu uma recomendação que eu não deveria visitar nenhuma unidade fabril porque em caso de explosão, de qualquer derramamento químico, eu poderia ficar para trás, eu não teria condições de acompanhar a saída de emergência.”

No final, deu tudo certo. A companhia que o Bruno trabalha desenvolveu uma gerência de diversidade, onde eles tratam de temas das minorias. “Não só a questão do gordo e da adaptação das necessidades das pessoas, mas também a questão de negros, LGBT, mulheres em cargos de liderança e como é que isso tudo é tratado.”

A Vanessa Raya disse que, se sofreu o preconceito por ser gorda, não percebeu. No entanto, ela lembrou que muita coisa ainda é velada. Como ser gorda ainda é motivo de desconforto para MUITA gente e, de fato, existe um tom pejorativo ao redor da gordura, as pessoas evitam qualquer atitude que demonstre essa estranheza.

“Uma pesquisa da Universidade de Michigan fala que dentro desse quadro quem sofre muito mais são as mulheres. Se tiverem que optar entre uma mulher gorda e um homem gordo, eles acabam optando pelo homem.”

Ela mencionou uma pesquisa da Catho que dizia que 68% dos presidentes e diretores cadastrados na plataforma não querem pessoas fora do peso em cargos de presidência e diretoria. Além disso, 10% não quer que as pessoas acima do peso ocupem cargo de gerência ou supervisão.

Depois desses relatos, a Alcione disse algo que é verdade: é desnecessário uma empresa colocar na descrição da vaga que necessita de pessoas com “boa aparência”. O que é a boa aparência? Hoje em dia, ela é totalmente atrelada à magreza, mas isso não depende de cada um de nós? A boa aparência para mim não é a mesma para o resto do mundo!

Os três concordaram que, atualmente, as empresas estão se tocando mais do que pode ou não escrever na descrição de uma vaga. Acima de tudo, elas estão se desligando da questão da aparência e focando nas aptidões – que é o que realmente importa. Claro, ainda não são todas e, sim, existem áreas que realmente não estão prontas. Durante o bate-papo, por exemplo, foi pontuado que talvez nunca exista vagas para aeromoças gordas. O Bruno disse uma frase que eu acho importante de ressaltar e não só para quem é gorda, mas para quem é mulher. Querendo ou não, temos as nossas habilidades e capacidades questionadas diariamente pelo simples fato de ser mulher. “Nós temos que pensar realmente em ser agente de mudança. Dentro das empresas que estamos, provar e se provar cada dia que nós somos sim bons profissionais. Que nós entregamos e que não é uma condição física que vai impedir a gente de ser reconhecido por isso”. Enfim, já dizia Bob Dylan “The Times They Are a-Changin'”.

poplus4

– Às 19h tivemos um bate-papo sobre a imagem gorda na cultura pop. Mediado pela Marília Almeida e com presença de Thiago Borbolla (do portal Judão) e da maravilhosa blogueira de moda Plus Size Juliana Romano (blog Entre Topetes e Vinis). Como é representado o gordo e a gorda em filmes, músicas, livros… enfim, na cultura pop?

É o gordo bobo e a gorda virgem, na maior parte das vezes. Os exemplos que foram muito usados: os papeis de Jack Black, Rebel Wilson e Melissa McCarthy. O gordo e a gorda são retratados como desengonçados, desleixados, bobos. Eles são usados como o alívio cômico da trama. Às vezes funciona (quem não ama a Fat Amy que jogue a primeira pedra), mas não é bem por aí…

A Ju Romano falou sobre o clipe (maravilhoso) de Toothbrush, música da banda DNCE, no qual a personagem principal é interpretada pela modelo Plus Size norte-americana Ashley Graham. E, “pasmem”, ela faz o papel de…. mulher. Da mulher sexy, segura e namorada do Joe Jonas. “Esse, para mim, é o cenário ideal. A gorda estar num cenário onde ela não e a gorda, ela é uma atriz como qualquer outra”, a Ju Romano explicou.

O Thiago reconheceu que a própria Melissa McCarthy está tentando mudar o perfil dos filmes que ela participa. Até porque, como a Ju disse durante a conversa, as atrizes tem que mostrar que não servem apenas para o papel da “gorda engraçadona”. É a velha questão das pessoas se reconhecerem na tela, na página da revista, nas imagens da internet. De se reconhecer e se amparar nas figuras que circulam na mídia.

 

“A cultura pop no geral precisa ser representada em todos os níveis, não só no que a gente vê. É importante a se reconhecer. Tem até uma personagem de um quadrinho independente que é uma gorda de barriga de fora, e fizeram cosplay dela. É isso que é representatividade: é as pessoas poderem se reconhecer, poderem se ver e se colocar naquele ponto” (Thiago).

O Thiago lembrou que MUITAS plataformas online de revistas (especialmente as de fofoca) vivem fazendo matéria do tipo “fulana foi a praia e exibiu quilinhos extras” ou “ciclana deixa celulites a mostra ao sair do carro”. E, no final, essa vai ser uma das matérias que entrará nas 5 mais clicadas. Segundo ele, as pessoas entram por maldade. Para ver que as estrelas não são tão perfeitas quanto aparentam. A Ju rebateu que, apesar de existir uma parcela (que até pode ser a maior parcela), existem as pessoas – como ela – que clicam neste tipo de matéria para pensar “Meu deus! Ela é tão maravilhosa e tem celulite que nem eu! Vamos para a praia, miga!”. Os dois concordaram que tudo depende do tom que for usado na construção da matéria.

popplus5

Depois da palestra, eu conversei alguns minutinhos com a Ju sobre o NYFW e outras cositas más. Queria trazer uma coisa que ela falou e acho que muitas pessoas devem se sentir da mesma forma. A Ju desabafou que foi uma adolescente muito mal representada pela mídia. A  representatividade e a imagem da mulher REAL na mídia talvez tivesse impedido que ela tivesse diversos questionamentos que seguem a vida dela desde a adolescência. “Porque para mim, a mulher bem-sucedida era a mulher magra e todo o resto era o resto. Será que se eu tivesse crescido com a imagem da mulher poder ser vários corpos, alguns questionamentos que a gente se faz sequer seriam questionamentos?”.

O Pop Plus tem várias edições por ano. Além de palestras como essas que eu descrevi no post, tem muita roupa linda para comprar, desfiles de marcas Plus Size, DJ, aula de Yoga, poesia, dança e muito, MUITO empoderamento. O interessante de ir ao evento é que a atmosfera te empodera. Está nas araras, nas pessoas, e em cartazes maravilhosos espalhados pelo salão. A próxima edição será realizada ainda em dezembro de 2016.

popplus1

*Este post foi produzido por Nanny Cox

Continue Reading

Lançamentos Beauty Fair 2016

Chegou a hora que ver os lançamentos que eu mais gostei durante a minha 7ª visita à maior feira de beleza da América Latina, a Beauty Fair!

Esse ano, posso dizer com certeza, que foi o mais proveitoso de todos! Sou o tipo de blogueira que não vai na feira para ganhar press-kit, até por que, ficar carregando sacolas pra lá e pra cá naquele lugar é terrível! Esse ano meu objetivo era: CONTATOS.
Me juntei com a Manu do Blogueiras Paulistas, que anda fazendo alguns trabalhos de assessoria para mim e, mão na massa! Andamos, conversamos, trocamos cartão, fizemos alguns contatos, conhecemos milhares de novidades.
É preciso deixar claro que, algumas stands vão, desde o super atendimento, recepcionando blogueiras em um lugar exclusivo e SEM filas (é preciso deixar claro porque, existem marcas que conseguem formas filas de até duas horas para receber blogueiras. Meio desumano isso!). Além do espaço, deixam a nossa disposição alguma assessoria ou marketing ou relacionamento para explicar com detalhes os produtos, tirar nossas dúvidas e tudo mais.

Bom, esse post, como já disse, é para mostrar as novidades em geral. Aquelas que eu mais gostei. Aos poucos irei fazer resenha de produtos específicos e no post irei avisar que ele foi um lançamento da BF2016. Combinado? Vamos lá!

Dailus

lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_1 lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_2lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16

O lançamento da coleção “Coisas de Quem Ama” aconteceu durante a feira e foi a stand que mais deu trabalho hahahah! DUAS HORAS de fila só de blogueiras para conhecer os produtos. SOCORRO!
A linha conta com critais legitimamente Swarovski, embalagem lindíssimas e brilho, muuuito brilho. Para mim, esse lançamento foi o ponto final da febre do MATTE hahah! Juro, não aguentava mais os produtos sem brilho. Pior que essa tendência só pegou no Brasil. Maquiadores gringos sempre frisavam que brilho é tudo!
Fiquei encantada com a qualidade dos lenços demaquilantes e da sombra líquida. Alta qualidade mesmo! Não perde para nenhuma marca estrangeira. Vale a pena!
Assim como a Vult, a Dailus também lança sua coleção de esmaltes. Vamos experimentar!

Salon Line | Derma Coconut

lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_3

Apenas amando a MAIONESE da Salon Line! Esse super lançamento de, nome e embalagem engraçadinha, é um creme poderoso de nutrição para as cacheadas!
Já na Dermo Coconut, eu não conhecia nem a marca e nem o produto. Fui super bem recebida no stand e fiquei maravilhada com esse spray de água de coco assinado pela musa Ivete Sangalo. Ele promete hidratar a pele e sim, eu testei na hora e funciona. É uma delícia! #MuffinINDICA

Ruby Rose 

lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_4 lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_5 lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_6 lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_7

A marca que tem preços super acessíveis está deixando de lado a fama de baixa qualidade, pelo contrário, os produtos estão cada vez melhores, com qualidade dignas de marcas caras porém, com um preço SUPER amigo!
As paletas, tanto de sombra, corretivo e contorno, possuem alta cobertura, são macias e duram muito!
A base líquida já virou febre entre as youtubers de beleza pois, custa em média R$5,00 e é maravilhosa!
Fiquei apaixonada pelas novas cores de batom e pela eficiência do lenço demaquilante que, em apenas uma passada removeu todos os resíduos de make da minha pele.

Forever Liss 

lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_8

Uma stand fofinha com atendimento exemplar do time CBBDigital, apresentou diversos produtos. Os que eu fiquei com muuuita vontade de experiemtnar foram o Leav-On Desmaia Cabelo e a linha Cresce Cabelo.
Extremamente cheirosos, todos os produtos são ricos em benefícios e com certeza você precisa experimentar!

Top Beauty

lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_9 lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_10

Eu já amava os esmaltes da marca e já falei deles algumas vezes aqui no blog. Dessa vez, o lançamento da linha “Eu Posso” ganhou meu coração! Esmaltes realmente metálicos (sim, com duas passadas comum você tem um resultado super matálico nas unhas) e que seguem a embalagem que, para mim, já é marca registrada na top Beauty.
Esse ano eles chegam com linha de make e, a água micelar e o quarteto de corretivos foram o que mais chamaram minha atenção. Quero tudo!

INOAR

lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_11

Marca querida e presente em todos os salões de beleza, chega com o lançamento Efeito Photoshop. Uma embalagem com cores claras e muito fofinha, com pegada Pin-Up, traz uma linha de extrema hidratação.
O SUPER lançamento desse ano, na feira, é a linha VEGAN. Composta 100% por vegetais, o cheiro é maravilhoso e promete cuidar do seu cabelo e do meio ambiente. AMEI? GOSTEI? ACHEI TUDO?

MinasFlor | Boncini

lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_12

Duas marcas que conheci pela primeira vez na feira!
A MinasFlor lança o 7 em 1, um BB cream de creatina, silicone e pantenol que deixa os cabelos molinhos, macios e bem gostosos de passar a mão.
Já a  Boncini, lança perfumes para cabelo com versão feminina e masculina. Gente, amei real esses perfumes e já quero! AMO perfume de cabelo e uso mais do que perfume comum.

Marchetti – Toque de Natureza

lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_13_lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_14

Conheci a marca na Beauty Fair de 2015 e fiquei maravilhada com a qualidade. Esse ano me programei com antecedência de ir ao stand porque sabia que iria ter novidades boas!
Cílios postiços virou minha paixão e os novos modelos da Marchetti são super naturais.
Batons metálicos com cores indas e balms que são uma gracinhas me chamaram a atenção!
O quinteto de sombras tinha uma super pigmentação. Choquei! QUERO!
A bruma Fixadora tem uma embalagem fofinha e o batom líquido é matte E metálico, duas super tendências juntas!

Extratos da Terra | Surya Brasil

lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_15

Sai de casa mega afim de conhecer o lançamento Lipofeme Nano Shower Anticelulite… AMEI! O creme é para ser usado com o corpo molhado, após o banho e promete reduzir em 60% as celulite que tem aquele efeito casca de laranja, sabe? AMEI demais! QUERO pra ontem!

A Surya é uma empresa BRASILEIRA e VEGANA. Seria esse meu sonho? Produtos de altíssima qualidade foram apresentados na feira porém, a loção hidratante de canela e cupuaçu ganhou meu coração por conta de uma textura leve e sequinha com um perfume… Sem palavras!

DNA Italy

lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_16 lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_17

Os esmaltes da DNA você já conhece e ama, certo? Certo!
Agora a marca investe em maquiagem e chega no mercado com um batom em formato de esmalte! SIIIIM, a primeira foto, que parece ser um esmalte, é um batom tinta (lip tint) que promete realçar a cor natural dos lábios. Sério, eu achei sensacional!
Os rímeis tem embalagens boas de segurar e pincéis que são o diferencial da linha. Quero muito testar!

Bel Col

lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_18

Imagine uma mácara de OURO (sim, ouro. Ryqueza) que promete revitalizar sua pele… Imaginou? Todo esse poder a Bel Bol trouxe pata a máscara Revitalize In e ela já está disponível em linha home care, para você mesma aplicar em casa e em formato profissional para esteticistas fazer aplicações com uma técnica toda diferenciada ensinada por eles.
A água micelar promete remover TUDO da pele e ainda cuidar dela. Ganhei uma amostra e estou louca para testar!

Ana Pegova

lanc%cc%a7amentos_beauty_fair_16_19

Uma marca que eu já conheço e admiro, não só pela qualidade mas, por saber que não testam em animais.
A solução micelar limpadora é divina! Pude testar na hora e ela é realmente eficiente e deixa a pele macia, que é um super diferencial.
A Vitamina C em forma de sérum é maravilhoso! Promete clarear a pele e me deixou com muita vontade de testar e ver como ele iria me ajudar com as olheiras.

Bom, esses foram os lançamentos que eu AMEI! Espero que você também tenha gostado e ficado com vontade de experimentar tudo, assim como eu hahaha!

Não esqueça de comentar!
Beijos,

Continue Reading

Soluções de beleza caseiras – PERIGO!

Nós precisamos conversar sobre isso.

Além de blogueira, eu sou uma ótima leitora. Todos os dias leio milhares de blogs e pareço estar numa busca incessante por conteúdo. Juro, chego a ler desde o blog de moda conceitual até blogs que falam de tecnologia, carros  etc. O material produzido por pessoas comuns, de forma caseira, me atraí e me faz me sentir mais próxima daquilo que estou procurando saber.

Como tenho preferência por moda e beleza, principalmente maquiagem e cabelo, acabo ficando horas lendo posts e assistindo vídeos. Tutoriais então… Nem se fale!

Mas, ultimamente, tenho encontrado um tipo de conteúdo que, desde que comecei na blogosfera (7 anos atrás) me intriga e meio que eu “torço o nariz”: Soluções caseiras.

Soluções caseiras vão desde dar mil e uma utilidades para um único produto até fazer receitas a partir de ingredientes que temos comumente em casa. Eu mesma já ensinei aqui no blog como fazer o famoso (na época) Shampoo Bomba, porém, durante todo o post fiz alertas sobre precauções que deveríamos tomar.

Por que estou falando tudo isso? Bom, quero chegar na parte em que, estamos pleno século XXI, ou seja, existem profissionais em determinadas áreas como: química, farmácia, cosmetologia e derivados do mesmo que são pessoas estudadas e capacitadas a desenvolverem cosméticos e outros produtos que podemos aplicar em nossa pele afinal, ela é o maior orgão do corpo humano.

Enfim, onde eu quero chegar? Ultimamente as soluções caseiras que tenho visto por toda a blogosfera parecem, na minha opinião, estarem passando um pouco do limite. Aplicar óleo de coco no cabelo, tudo bem, é algo simples e um produto natural. A fibra capilar irá absorver, caso contrário, basta lavar. Até aí tudo bem! O que realmente me intriga são tutoriais de BELEZA com soluções do tipo: Amoxicilina na base do esmalte para fortalecer as unhas, uso de esponja de lavar louça para aplicar base no rosto, uso de fita crepe no rosto para marcar delineador e contorno, rolo de tinta de parede para também aplicar base e por aí vai…

Gente, vocês têm noção do quanto isso pode prejudicar a pele? Ou pior: A sua saúde?

Quero falar primeiro da amoxicilina na base do esmalte para fortalecer as unhas, que ao meu ver é o mais grave! A amoxicilina é um antibiótico fortíssimo usado para combater infecções bacterianas e só pode ser comprada a partir da apresentação de uma guia médica e em duas vias. Dá para entender o grau de gravidade da coisa?
Qual é a ligação de um antibiótico que combate infecções com o fortalecimento das unhas? A unha é composta por queratina e não de mucosas bacterianas que é onde o antibiótico age.

Agora, você compra uma base boa para o rosto, um produto que foi criado, desenvolvido, testado e dermatologicamente testado e aprovado para uso e a pessoa insiste em querer usar esponja de lavar louça e até rolinho de tinta para parede para aplicar o cosmético no rosto. SIM! Existem inúmero tutoriais desse tipo de coisa no Youtube.

Acho que soluções que não implicam em resultados que causem irritações na pele e até problemas de saúde, tudo bem! Quem nunca quis fazer aquela misturinha com óleos naturais ou até Maizena, babosa etc. Para aplicar nos cabelos e chegar numa super hidratação, não é mesmo?

Eu adoro ver truques, soluções e outras coisas caseiras na internet, porém, quando ela passa dos limites com o uso de materiais que a curto prazo podem prejudicar a saúde, aí eu realmente me incomodo!

Esse post é um alerta para você ficar atenta as soluções caseiras que existem por aí. Fique atenta e se cuide! É para o seu bem!

cuidados_de_beleza

Espero que tenha gostado. Não esqueça de comentar!
Beijos,

Continue Reading

Ouça seu corpo! Amor de dentro para fora.

A palavra é SAÚDE.

Lembra quando sua avó ou alguém mais velho dizia: “O importante é ter saúde, né?” – Com toda certeza pessoas mais velhas têm total e absoluta razão.

Depois do último post do blog falando sobre isso, percebi que muitas meninas estavam embarcando em dietas malucas, deixando de amar seus corpos e esquecendo de doenças silenciosas.

Acho necessário repetir que optei pela cirurgia bariátrica por eu estava doente.

Ouvir nosso corpo é entender o que ele está precisando para funcionar bem. Por isso, depois que adotei esse ideal passei a “caprichar” mais nas minhas refeições e dar uma atenção diferente para os alimentos e suas funcionalidades. Foi então que a busca por receitas saudáveis e pessoas que também optaram por um lifestyle mais saudável começou.

Durante essa busca me deparei com um Instagram chamado MERMAIDS TIPS (traduzindo para as línguas tupiniquins: Dicas de Sereias). E quem aí nunca sonhou em ser um ser mitológico, dos mares e maravilhoso como as Sereias? #BeAriel

mermaids_tips

O Mermaids Tips é feito pela fofíssima Letícia Ferri, uma estudante de jornalismo que nasceu em São Bernardo do Campo, mas que por conta da faculdade atualmente mora em Santos, litoral paulista.

A Letícia é uma menina ligada nos 220v. Tirem a prova vocês mesmos acompanhando ela pelo Snapchat  [fantasma] mermaidstips.
Enquanto você está aí, achando que a dieta malucona vai te dar um corpo maravilhoso e saudável, a Le já acordou cedo, foi praticar os exercícios que ela tem vontade e, o melhor de tudo, irá te mostrar que comer de forma saudável é tão maravilhoso quanto você pensa.

Em sua conta no Instagram, Le compartilha fotos do dia a dia, mostrando que fazer receitas impecáveis, lindas e saborosas é fácil! E que, além disso, podem ajudar no funcionamento do seu organismo.

mermaids_tips

Além de alimentação, você pode conferir os exercícios que ela está fazendo e muitas outras coisas.

O que mais me deixa encantada (tirando as fotos lindas dos pratos haha) é que, a Letícia é uma menina que estuda e tem seus afazeres e mesmo assim não saí de casa sem suas comidinhas, chás, suprimentos no geral.

#MuffinINDICA o Mermaids Tips[heart]

Precisamos de mais pessoas como ela para mostrar que: Escutar nosso corpo é fundamental.

Lembre-se: Alimentação errada não é só ganho de peso. Afinal, você deve ser feliz e se amar como é. Alimentação errada traz DOENÇAS > Doenças traz remédios.

Fique aqui com fotos lindas dos pratos que a Mermaids posta:

mermaids_tips_2 mermaids_tips_3

Espero que tenha gostado. Não esqueça de comentar!
Beijos,

Continue Reading