Brechó entre amigas.

Olha aí o assunto “brechó” aparecendo mais uma vez aqui no blog!

Lá em 2015 eu já havia falado sobre vender as roupas e acessórios que você comprou e nunca usou. Além de você ter um retorno financeiro, outra pessoa pode comprar uma roupa boa e de qualidade por um valor muito mais acessível e justo.

De lá para cá recebo algumas mensagens de meninas perguntando se eu conheço algum brechó para indicar e tudo mais. Mas, o que elas mais me relatam é que muitas vezes se torna burocrático demais ir até o brechó só para levar as roupas, afinal muitos deles só “te atendem” com um mínimo de peças x.
Sim, existem brechós que só avaliam suas peças para comprar com, por exemplo, no mínimo 40 peças! Pois é, muitas vezes você só tem umas 10 e quer logo passar elas para frente… Até juntar 40 vai demorar muito!

Pois foi pensando nisso que, as meninas aqui do meu trabalho decidiram realizar um brechó entre nós mesmas.

Funciona assim:

Nós escolhemos uma data e combinamos de trazer aquilo que queremos vender.
Se a pessoa tem 4 peças ela traz as 4… Se tem 20 traz as 20… Ou seja, você pode vender ou trocar o que quiser e não tem um mínimo de peças para participar.

Já estamos na nossa segunda edição e eu já comprei peças lindíssimas por preço mega acessível! Sério, estou amando isso!

Então a dica é:

Reuna suas amigas, marquem uma data e local.
Levem todas as peças em bom estado, novas e semi-novas com preços já determinados (e acessíveis! Essa é a graça do brechó).
Pronto! É hora de vender e comprar!
Sucesso! Peças novas! Novos looks!

Nós trazemos nossas coisas em malas, assim facilita o transporte.
Deixamos as malas abertas e vamos fuçando uma na mala da outra, sempre com cuidado para manter a integridade das peças.

Eu comprei algumas peças da Maria Luísa (@mariaalbuquerque) e ela anotou todas as peças + valores. Isso torna a conta final muito mais fácil e organizada! #FicaDica

Essas foram as peças lindas que eu comprei nessa edição do brechó.
Um shorts jeans, uma blusa coral, um colar, um par de brincos, uma slip on e uma clutch.
Gastei R$100,00 em 6 peças!!  [assutado] [inlove] [assutado] [inlove]

 

E aí gostou da dica?
Já sabe quais amigas via chamar para fazer o seu brechó?
Repasse esse post para elas e bora fazer novos looks gastando pouco!

Espero que tenha gostado!
Não esqueça de deixar seu comentário.
Beijinhos,

Continue Reading

Como arrumar a gaveta de camisetas

Parece ser algo fácil, até você se deparar com a seguinte situação:
“Você está com pressa e começa a procurar uma camiseta na gaveta. ACHOU!
Tenta fechar a gaveta e ela NÃO fecha!
Você empurra de novo e ela volta.
Então decide ver o que é que está te atrapalhando a fechá-la.
TCHARAM! Sua gaveta está uma verdadeira zona, tudo bagunçado, sem dobras, sem separações… E você atrasada, sem tempo para arrumar na hora!”

Relaxa que isso já aconteceu comigo!  [chorado]

É, não existe nenhuma dica milagrosa que irá arrumar sua gaveta em um piscar de olhos. Longe disso… MAS, nada que 20 minutinhos daquele seu sábado de manhã não possa resolver o problema, não é mesmo?!
Então vamos direto ao ponto de dicas valiosas para você organizar sua gaveta preciosa, cheia de camisetas que compõe looks maravilhosos e confortáveis:

1 – Gaveta ou Cabide?
Saiba que tudo o que é de algodão, tecidos grossos ou lycra, devem ficar dobrado na gaveta. Caso contrário, tecidos mais finos e que provavelmente amassam devem ser pendurados.

2 – Estação
Vale muito à pena você colocar na frente, fácil de pegar, as peças que você vai usar naquela estação, ou seja, quando entrar a primavera/verão coloque na frente as peças mais levinhas e que você irá usar com mais frequência, deixando as de inverno guardadas mais ao fundo da gaveta.

3 – Dobrar é uma arte!
Fique muito atenta ao jeito que você irá dobrar suas camisetas.
Se você não tem muita habilidade com isso, existem umas pranchas em loja de utilidades que podem ajudar você nesse processo.
Aliás, existem vários vídeos no YouTube que podem te ajudar a dobrar de forma rápida e fácil. Fique atenta para métodos que você crie facilidade no dia a dia e claro, o mais importante, seja adequado para o tecido da camiseta. Não queremos tirá-la amassada da gaveta, né?

4 – Avalie e Descubra
Esse item tem um título muito sugestivo hahaha!
Quando você for começar a arrumar a gaveta, é preciso tirar TUDO para fora. Então, é nesse momento que você descobre que possuí peças que nem lembrava mais!
Sério! Outro dia fui arrumar minha gaveta (foto no final do post) e descobri umas 3 blusas que nem me lembrava que tinha.
Depois de descobrir tudo o que você tem, faça uma avaliação. Olhe para cada peça e pergunte: “Eu usaria isso HOJE?” – Se a resposta for SIM, já dobre ela da forma correta. Se a resposta for NÃO, já separe-a para doação!

5 – Cores ou Estampa?
Aí vai de você! Qual é a característica em comum das suas camisetas? As cores (camisetas lisas) ou as estampas?
A partir disso você irá definir como será organizada sua gaveta.
No meu caso, eu prefiro organizar por cores. Acho que fica mais fácil de identificá-las e de pensar no look.
Faça um degradê na gaveta, indo do mais escuro para o mais claro.

(Está é a minha gaveta, separada por cor… Veja que nem tudo é 100% perfeito e bonito aos olhos hahahahaha mas é extremamente funcional!)

 

Se você gosta de posts com dicas para o dia a dia, deixe seu comentário falando qual tema você quer ver por aqui!
Se gostou deste post, repasse para as amigas no whatsapp!  [palmas]

Beijinhos,

 

Continue Reading

Consumo & Influência

À está altura do campeonato você já deve ter assistido ao vídeo “Quanto custa o Outfit”, certo?
Caso você não saiba sobre o que eu estou falando, este vídeo viralizou no YouTube na última semana de Maio’18.
No vídeo, os produtores de conteúdo da Hyped Content abordam as pessoas que estão no evento Sold Out e elas são convidadas a falarem quanto pagou em cada peça de roupa que estão usando.

Para entender melhor: O evento Sold Out é um encontro para venda&troca de produtos de marcas hype do momento, como: Supreme, Adidas, Off White, Balenciaga, Anti Social Club, Heron Preston,  etc.

O vídeo viralizou por conta dos preços exorbitantes das roupas que os jovens aparecem usando. Looks completos avaliados em mais de R$30mil 😱 #Passada.

Veja os vídeos abaixo 👇:

Primeiro: Alguns dos meninos que aparecem no vídeo aparentam ter menos de 18 anos… E já usam itens de milhares de reais!

Segundo: Crise no Brasil? QUE CRISE? – Reparem nos preços! Como assim você daria mais de R$1mil por uma camiseta de algodão estampada?

Enfim, quem pode: PODE!
Cada um tem o livre arbítrio de gastar o dinheiro como bem entende.

Mas, o que eu quero que você entenda com esse POST, já que eu sou publicitária e, anos atrás, falei sobre a febre da Abercrombie & Fitch + Aeropostale aqui no Brasil sem existir publicidade, é que: Supreme, Balenciaga, Urban Outfiters, Off White e muitas outras marcas citadas no vídeo do “Quanto custa o Outfit?” NÃO possuem publicidade offline (revista) e no online eles contam fortemente com a boa e velha Mídia Espontânea, que nada mais é do que um influenciador indicar a marca de livre e espontânea vontade.

O poder da influência online é algo que toma proporções inimagináveis!

O influenciador pode ser o blogueiro em si, ou um cantor de rap, super ultra bombado, mas que posta seu #LookDoDia no Instagram e indica a marca da roupa que ele está usando por livre e espontânea vontade.

Depois de ficar indignado com os valores do vídeo, passe a vê-lo como um “case de marketing digital”, na qual as marcas carérrimas estão vendendo suas peças como água no deserto por conta da influência das pessoas nas redes sociais.

PENSE NISSO!

Gostou do post? Compartilhe com as amigas!
Deixe seu comentário, também!
Beijinhos,

Continue Reading

Como se vestir bem TODOS os dias!

(Escrevo esse post como uma auto-afirmação feat. puxão de orelha para eu simplesmente PARAR de usar jeans+tênis+camiseta todos os dias no trabalho #paz  [choraderir] )

O meu grande problema com a roupa de trabalho é que, o ambiente em que eu trabalho todos os dias não exige um dresscode específico.
Para muitas isso é um HINO, afinal você pode usar a roupa que quiser… Sim, até aí tudo bem! Porém, pelo fato de eu não ter contato com público externo e passar 8 horas sentadas fazendo minhas atividades, eu fico repetindo em looping na minha casa: “Não vou gastar meu melhor look para ficar sentada” – Que rebelde, né? – Só que, muitos dias eu saio do trabalho e tenho algum outro compromisso. E aí começa a frustração! Eu fico me questionando: “Legal, Bruna! Não quis “gastar” o tal look e agora to parecendo uma mendiga!”

Juro, TODOS os dias eu falo que vou me vestir melhor… Mas aí acordo do susto, escolho a primeira roupa confortável que vejo na frente e Segue o Baile…

MAAAAS (momento de muita atenção) eu descobri alguns truques que realmente funcionam e que podem te ajudar como ME ajudaram!

O segredo é PLANEJAMENTO.

Além de olhar referências no Pinterest que chegam o mais próximas das peças que eu tenho de fato no meu guarda-roupa, eu passei a usar os DOMINGOS como um grande provador.

Como assim?
Domingo já é um dia meio morto… À tarde então, nunca temos nada para fazer!
É aí que eu uso esse momento ocioso pra montar milhares de combinações com minhas roupas, com calma. Um coloca e tira eterno. Provo tudo, experimento diversos acessórios e: FOTOGRAFO tudo!
SIM! Fotografar as combinações que você ficou 100% satisfeita é registrar o planejamento dos seus looks.
Deixo as fotos desses looks salvas no celular, em uma pasta separada na minha galeria e, todos os dias de manhã, quando acordo, procuro nessas fotos o look que irá ficar melhor do clima do dia.

PRONTO!

Gente, parece meio trabalhoso mas, quando você pega o gosto por fazer isso aos domingos, sua semana fica com todos os looks programados. Looks com tudo que você já tem. Looks que realmente te agradam e que você irá se sentir plena, confortável e satisfeita.

Olha… Se eu soubesse antes que fazer isso era a solução do meu grande dilema, já tinha fotografado TUDO.  [choraderir]  [choraderir]

Espero que você tenha gostado da dica!
Se gostou, compartilhe com suas amigas.
Beijinhos,

Continue Reading

Dicas [REAIS] para seus look de inverno.

Aproveite muito bem esse post, pois ele foi feito com dicas de quem enfrentou o inverno de verdade, com neve e tudo. [choraderir]  [snowman]

Quando você busca inspirações de looks no Pinterest se depara apenas com meninas lindas e belas na neve, nem parece que está tão frio assim. Porém, o que ninguém te conta é que muitas daquelas peças que elas estão usando são um pouquinho exageradas para o inverno brasileiro. Principalmente aqui em São Paulo.

Pensando em dicas infalíveis para o inverno brasileiro + toda minha experiência de quem morou 5 meses na neve, fiz uma lista de peças que você oficialmente precisa ter no seu guarda-roupa e que irão te proteger do frio e claro, te manter aquecida na medida certa, sem parecer uma cebola (vestida por camadas kkkkkk [choraderir] )

Ah, e claro: Uma lista com exemplos! Separei fotos minhas em NY, na qual já foram postadas no meu Instagram, para você conseguir entender melhor com usar tudo o que estou relacionando abaixo:

Descobri a verdadeira função para os casacos que tem pelos no capuz!
Em dias de nevasca ou MUITO vento, eles são ideias para proteger seu rosto. OU SEJA, só use esse tipo de touca quando você for ficar muito tempo em ambiente externo. Esqueça para passear em shoppings. Se for trabalhar, ao chegar no local de trabalho, tire-o.

Botinhas tipo Ugg Boots, pode ser uma boa opção se você for passar muito tempo em ambiente externo. Seus pelinhos protegem e aquecem os pés das friorentas como eu!

Essa calça da foto acima, não é uma simples legging. É uma legging TÉRMICA. Comprei calça e blusa térmica na Decatlhon e foi a melhor aquisição ever!
A peça térmica pode ser usada por baixo de um jeans ou outras blusas (quando está um frio fora do normal), ou usada como a peça principal mesmo. Ela mantém a temperatura do seu corpo. É ótimo!
À primeira vista, parece ser “caro”, mas acredite: São peças que duram muito tempo e fazem um diferença enorme nos dias de frio intenso.

Pode não parecer (ou pode sim kkkk [choraderir] ) mas, eu estou com uma meia-calça bem grossa nessa foto. E é aquela meia-calça que eu chamo de Beyoncé, pois aperta até a alma e disfarça TODAS as celulites.
Admito que é um modelo caro, mas também vale o investimento, pois dura muito e o efeito é mara, como podem ver na foto.
Ela aquece, pois o fio é grosso e dá a opção de você diversificar os looks de inverno usando um vestido ou saia. Sair um pouco da mesmice da calça grossa é sempre bom.

Eu nunca gostei de usar touca e cachecol… Acho que era porque nunca tinha encontrado modelos que me agradassem e que me deixassem bonita.
Pois bem, a busca por modelos foi bem grande! Mas valeu a pena. Essa touca vinho e cachecol creme da foto acima são meus xodós. Por isso digo: Se você também não gosta desses acessório, como eu mesmo não gostava, continue procurando algo que te faça se sentir incrível! Vai ajudar a te proteger e dar um UP no look.

Um bom casaco é o investimento que você certamente precisará fazer!
Quando digo bom casaco, é bom MESMO! Procure muito, pense bem, prove bastante. Pois ele precisará durar muuuitos invernos. SIM, isso mesmo! Quando está muito frio, não podemos ficar variando casacos… Ocupasse muito espaço no guarda-roupa e, convenhamos que moramo num país tropical e não necessitamos ter três casacos diferentes. Um modelo só, de qualidade e que faça você se sentir bem, é o ideal.

Frio + Chuva = Aquela combinação de chorar!
Admito que sempre torci o nariz para muitos modelos da Melissa, inclusive botas. Porém, essa bota da foto acima foi um HINO. Ela parece uma galocha, de fato. Comprei ela pensando nos modelos da Hunter Boots.
Nunca usei tanto uma bota de plástico como essa. Valeu super à pena. Você anda na chuva tranquilamente, sem molhar os pés e estará protegida do frio.

 

É isso! Tem mais dicas para compartilhar comigo? É só deixar seu comentário!
Eu vou amar REAL. [heart]

Se gostou do post, compartilhe ele com suas amigas!
Beijinhos,

Continue Reading